Brasil é celeiro de investimentos para inovação e startups - WHOW
Vendas

Brasil é celeiro de investimentos para inovação e startups

Conheça algumas iniciativas brasileiras voltadas para o desenvolvimento do ecossistema de startups no país e em outros lugares do mundo

POR Vinny Machado | 09/08/2019 11h03 Brasil é celeiro de investimentos para inovação e startups Largo da Batata, em São Paulo, onde estão instaladas algumas das principais startups nacionais (imagem: Unsplash)

O empreendedor brasileiro é criativo e resiliente. Desde o nascimento do primeiro unicórnio brasileiro, em 2018 com a 99 – investimento cedido pelos chineses da Didi Chuxing – o país constantemente tem atraído atenção de investidores internacionais e empresas querendo aproveitar do crescimento em maturidade das startups brasileiras.

Existem expectativas sobre o impacto da Reforma da Previdência e a possível introdução da Reforma Tributária – podendo gerar novas oportunidades de negócio e atrair investimento externo. Mas o mercado já possui iniciativas concretas para atrair capital estrangeiro em algumas ações no país, além de ver investidores brasileiros como potências para alavancar negócios em outros países. Conheça três delas abaixo:

Prefeitura de São Paulo traz cooperação com a União Europeia

A Prefeitura de São Paulo, por meio das secretarias de Inovação e Tecnologia e Relações Internacionais, irá receber 3,5 milhões de euros por meio de acordo de cooperação com a União Europeia para o investimento em iniciativas de inovação em Governo e desenvolvimento de laboratórios com foco na transformação da gestão da cidade, ao longo de 4 anos.

O capital será destinado para fomentar a agenda de inovação, sempre focado em melhorias e modernização da capital do estado de São Paulo. Além disso a parceria com universidades e a iniciativa privada estão previstas no projeto.“São inúmeras as iniciativas voltadas para beneficiar a população. A cooperação internacional da União Europeia aponta o reconhecimento das políticas públicas de inovação da cidade de São Paulo”, destaca o Prefeito Bruno Covas.

“O resultado da convocatória é de extrema importância pois reforça a atuação global e o papel que São Paulo tem assumido internacionalmente”, complementa Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes, secretário de Relações Internacionais.

InvestChile esteve no Brasil em busca de investidores brasileiros

Em evento realizado dia 8 de agosto, na Fecomercio em São Paulo, a agência chilena esteve em busca de investimento brasileiro para levar para o Chile. De acordo com a InvestChile – Agência de Fomento de Investimento Estrangeiro do Chile – o Brasil é o principal investidor latino-americano no país, passando de mais de US$ 10 bilhões.

A InvestChile atualmente promove um portfólio de 150 projetos públicos a serem realizados até 2023, por meio de investimentos que somam mais de US$18 bilhões, em setores como infraestrutura, turismo, mineração e energia.

Além disso, desde 2014 várias startups brasileiras têm marcado presença todos os anos no Startup Chile, como TimoKids e NexAtlas.

Programa governamental leva startups brasileiras para conseguir investidores internacionais

O programa StartOut Brasil, iniciativa liderada pela ApexBrasil, Agência Brasileira para Promoção de Exportações e Investimentos, já levou startups brasileiras que desejam internacionalização e investimento estrangeiro para o Canadá, Chile, Portugal, França, Estados Unidos, Argentina e Alemanha.

São selecionadas até 20 empresas com potencial de internacionalização, que recebem consultoria especializada em pitch e como fazer os ajustes para o mercado escolhido. Além disso passam por um profissional dedicado em encontrar as melhores oportunidades de mercado em cada país de destino. No final da missão é realizado um Demo Day para investidores e a para a imprensa local.

Já participaram startups como Aya Tech, Portal Telemedicina, Filho sem Fila, Molegolar e BioSolvit.

Além da Apex Brasil, a iniciativa contou ainda com Anprotec, Sebrae, Ministério das Relações Exteriores e Ministério da Economia.

investimentos Arte (Grupo Padrão)


+ NOTÍCIAS

Softbank avança no Brasil e pode concentrar investimentos em inovação
Bradesco e Porto Digital, no Recife, criam ecossistema de quase 600 startups
Oxigênio cria modelo de aceleração equity free para startups