WHOW

Banco Central concede autorização para o funcionamento de transferências via WhatsApp

WhatsApp Imagem Shutterstock capa

Imagem: Shutterstock

Ontem (30), o Banco Central brasileiro liderou o funcionamento de duas formatos de pagamentos digitais “classificados como abertos de transferência, de depósito e pré-pago, domésticos”, para a Visa, Mastercard e o Facebook, apontou a instituição no seu site oficial. Estas funcionalidades são para o funcionamento da transferência valores por meio do WhatsApp no programa Facebook Pay.

A liberação é restrita ainda para as transações financeiros realizadas entre os usuários.

Liberação não inclui pagamentos pelo WhatsApp, ainda

A Visa e Mastercard estavam ansiosas pela possibilidade de liberação do Banco Central para a possibilidade da efetuação de compras por meio deste novo formato de pagamento digital, o que não foi concedido.

“O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”, descreveu a instituição.

Em uma Live nesta terça-feira o presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que os órgãos controladores vão precisar compreender a competitividade trazida por estes novos formatos de pagamentos digitais. “Vejo um casamento entre mídia social e o mundo de finanças, os controladores têm de entender como regular, enfrentar e o que significa para competição na sociedade”, disse.

No ano passado, o Banco Central interrompeu os testes que aconteceriam entre o Facebook, dono do WhatsApp, em parceria com as operadoras Visa e Mastercard em solo nacional. A instituição apontou que necessitava verificar os riscos da nova tecnologia na época.

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.


+PAGAMENTOS DIGITAIS

Inovação, gestão e tecnologia no mercado de pagamentos
O segredo do crescimento das fintechs: compreender o cliente
Novas tecnologias aplicadas à melhoria de processos
Novas formas de pagamento criadas por Google Maps e Cielo

Sair da versão mobile