As startups que estão transformando o varejo globalmente - WHOW

Eficiência

As startups que estão transformando o varejo globalmente

Três retailtechs da América Latina foram destacadas em um novo ranking do setor, sendo uma delas do Brasil. Veja os resultados e tendências

POR Redação Whow! | 24/03/2021 18h17 Arte Grupo Padrão (@flaviopavan_76) Arte Grupo Padrão (@flaviopavan_76)

Em um novo ranking de startups globais no varejo, a plataforma de dados do ecossistema CB Insights pesquisou empresa em 21 países e de 13 categorias. E apenas uma startup brasileira apareceu no estudo, a VTEX.

Foram pesquisadas 15.000 empresas, com base em dados como atividade de patentes, relações comerciais, perfis de investidores, análise de sentimento de notícias, pontuações proprietárias do Mosaic, potencial de mercado, cenário competitivo, força da equipe e novidades tecnológicas.

Entre as startups de varejo Latam destacadas no estudo estão:

Clip (México)

Atua como um terminal portátil em pontos de venda que permite às empresas aceitar os métodos de pagamentos eletrônicos.Ela tem como investidores o SoftBank Group, General Atlantic, American Express Ventures, MissionOG e 500 Startups.

dLocal (Uruguai)

Fundada em 2016, a única startup unicórnio do país atua como uma processadora internacional de pagamentos, tendo como investidores a General Atlantic e Addition.

VTEX (Brasil)

Uma das últimas startups brasileiras que atingiu a marca de US$ 1 bilhão em valor de mercado atua no desenvolvimento e venda de softwares para e-commerces. Ela tem como investidores o SoftBank Group, Tiger Global Management, Lone Pine Capital, Endeavor e Riverwood Capital.

fonte: CB Insights

Destaques entre as startups globais que estão transformando o varejo

A CB Insights destaca que, as 100 empresas receberam mais de US $ 14,8 bilhões em investimentos de mais de 700 investidores. E elas estão sediadas na América do Norte (59%), Ásia (21%), Europa (16%) e América Latina (4%).

Além disso, surgiram algumas tendências para o varejo. Dentre as ranqueadas apareceram diferentes negócios focados em serem plataformas de comércio eletrônico, desde atuações com o aumento da velocidade de carregamento de sites até o check-out com um único clique. Outras, centradas em novas tecnologias desenvolvem novos canais online, como mensagens de texto, chat de vídeo, voz e realidade aumentada.

O estudo ainda aponta que a automação de lojas está em amplo crescimento, uma vez que existe a demanda por compras seguras e sem contato, por conta da ainda existência da pandemia causada pela Covid-19. Outra tendência é o uso de robôs e realidade aumentada pelos varejistas para automatizar a leitura das prateleiras.

Já as categorias nas quais as empresas selecionadas mais atuam estão: infraestrutura de e-commerce (12%), operações na loja e análise de dados (12%) e uso de robôs (9%).

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.


+VAREJO

Como a tecnologia está ajudando o varejo a atender melhor seus consumidores
Novos tempos para o varejo: o fim da separação entre experiências online e offline
Inovações no varejo além de IA e algoritmos na jornada do cliente
China pode ser o primeiro país a adotar uma moeda digital