Aprenda a aplicar o break even na sua empresa - WHOW

Eficiência

Aprenda a aplicar o break even na sua empresa

Estar ciente da situação da empresa é algo necessário para qualquer gestor. Conheça o break even e saiba como ele pode ajudar o seu negócio

POR Redação Whow! | 28/05/2021 18h16

Break even é um conceito que todo empresário deve conhecer a respeito do mundo dos negócios. É através dele, que se saberá se a empresa está dando lucro ou não.

Além de compreender essa denominação, é muito importante aprender como calculá-la da maneira correta. Ao longo desse conteúdo, você poderá entender o que ele significa, como ele funciona e o que deve ser feito para alcançá-lo.

Mesmo se você não estiver antenado sobre essa ferramenta, continue a leitura e fique por dentro da relevância que ele pode ter para o seu negócio.

O que é Break even/ponto de equilíbrio financeiro?

Em tradução literal, break even significa igualar ou empatar. Nesse sentido, quando utilizamos esse termo no mundo empresarial, não estamos destoando tanto do seu significado original.

No Brasil, é mais comum se referir como ponto de equilíbrio. Ou seja, é o ponto em que o negócio funciona, sem dar prejuízo, mas também sem oferecer lucro.

Por exemplo, se o seu negócio precisa de R$5 mil por mês para funcionar e fatura exatamente esse valor, a sua empresa está no break even, ou seja no ponto de equilíbrio.

Porque o Break Even é importante para o crescimento de sua empresa?

Apesar de ser um conceito simples, ele serve para compreender quais passos podem ser tomados, a partir do momento que a empresa está num ponto de equilíbrio. Logo, com essa informação, o empresário pode determinar estratégias focadas em determinadas otimizações.

Sua importância é maior ainda, em momentos de crise. Assim, todo gestor consegue ter o panorama financeiro de sua empresa. Dessa forma, pode tentar se livrar de maiores dívidas que possam surgir.

Visto que com base nesse ponto de equilíbrio, é possível compreender qual deve ser o faturamento mínimo para que uma empresa se mantenha ativa. Para que dessa forma, possa cobrir os gastos necessários periodicamente.

Outro ponto de importância dessa ferramenta, é que ela possibilita identificar se é viável ou não, lançar um projeto ou produto antes mesmo de colocá-lo em prática.

Assim, além do próprio negócio em si ser beneficiado, esse cálculo permite que as empresas tenham ciência de que momento o serviço ou produto passará a pagar seus custos (fixos ou esporádicos) e começará a dar lucro de fato.

É um ponto de extrema relevância para aqueles que estão abrindo um novo empreendimento, pois permite um maior planejamento sobre o investimento colocado no negócio. Dando mais segurança para os sócios ou investidores.

Dessa forma, não existe mais perda de renda, a partir do momento que alcançamos o ponto de equilíbrio. Em outras palavras, a empresa já está num bom momento, em que o mercado já reconhece seu espaço.

Visto que com esse indicador, o empresário pode antecipar resultados e soluções, os empreendedores conseguem compreender melhor os valores de caixa da empresa. Assim conseguem focar seus objetivos.

Como realizar o cálculo de Break even? 

Encontrar o break even point não é algo difícil. Na verdade, é algo simples de ser feito. No entanto, é preciso ter os dados claros a respeito da renda e gastos da empresa.

Primeiramente, é necessário conhecer as despesas e custos da empresa, sejam elas fixas ou variáveis. Assim como também, a margem de contribuição.

Inicie a análise pelas despesas fixas, ou seja, aquelas que são necessárias para a manutenção regular do negócio. Como por exemplo, salário dos colaboradores, aluguel do espaço que a empresa está inserida, contas de luz, água, internet, softwares e até os benefícios pagos aos funcionários.

Após isso, é a vez de analisar as despesas variáveis. Esses são todos os gastos que podem ser alterados periodicamente. Um exemplo é o valor gasto com uma empresa terceirizada para um determinado projeto.

Outra forma de identificação, é a margem de contribuição. Ela representa o ganho bruto sobre vendas e se representa pela seguinte equação:

Margem de contribuição = Preço de venda do produto ou serviço – (custo variável + despesas variáveis)

Para aqueles que estão planejando abrir o seu negócio, ou acabaram de iniciá-lo, é indicado projetar essas receitas o quanto antes. Principalmente se você ainda não domina o mercado em questão, pois podem aparecer variáveis desconhecidas nesse processo.

Portanto, é válido procurar se informar muito bem sobre o mercado que está se inserindo. Com o mundo digital, muitas dessas informações podem ser encontradas facilmente em sites de buscas.

Exemplo de cálculo do ponto de equilíbrio financeiro

Aplicar a fórmula do ponto de equilíbrio é o segundo passo a se tomar. Dessa forma, é possível planejar com maior segurança

A conta se constitui a partir da soma das despesas fixas, divididas pela margem de contribuição do negócio. Ou seja:

Ponto de equilíbrio financeiro = Despesas fixas / margem de contribuição

A conta só fará sentido se apresentar a margem de contribuição como porcentagem. Para fazer isso, basta transformá-la em número decimal na hora de realizar o cálculo.

Para facilitar a compreensão, vamos dar um exemplo fictício:

Uma empresa X do ramo de eletrônicos tem custos fixos de R$400 mil por ano e sua margem de contribuição é de 20%. Nesse caso, o ponto de equilíbrio da empresa se calcula da seguinte maneira:

BEP = R$ 400 mil (despesas fixas do negócio) / 0,20 (margem da contribuição de 20% transformada em número decimal) = R$2.000.000.

Portanto, a receita bruta que o negócio precisa atingir no ano, para que não tenha prejuízo e nem gerar lucros, deve ser de R$2.000.000. Ou seja, qualquer valor abaixo disso significa perda de capital, e um valor acima representa lucro para a empresa.

Por fim, o break even point é uma ferramenta que pode auxiliar todo e qualquer empreendedor. Ele permite uma maior compreensão sobre o panorama da empresa. Dessa forma, possibilita que os gestores determinem os próximos passos em seu negócio.

Quer ficar por dentro de mais conceitos e novidades sobre o mundo empresarial? Assine a nossa newsletter agora mesmo e receba conteúdos gratuitos diariamente.