Ambev e 500 Startups lançam bootcamp para fundadores de startups no Brasil - WHOW

Eficiência

Ambev e 500 Startups lançam bootcamp para fundadores de startups no Brasil

O Founders Bootcamp é um programa de capacitação digital para empreendedores de startups early stage. Saiba como concorrer a uma das vagas

POR Carolina Cozer | 18/11/2020 13h34 Imagem: Antenna (Unsplash) Imagem: Antenna (Unsplash)

O polêmico ano de 2020 já está caminhando para seus últimos momentos, mas ainda existem oportunidades para empreendedores e fundadores de startups fazerem acontecer antes do ano acabar.

Uma dessas oportunidades é o Founders Bootcamp, capacitação digital lançada pelo 500 Startups ― fundo de investimento em startups early stage ― em parceria com a Ambev, que tem interagido anualmente com cerca de 300 startups para fomentar o ecossistema de inovação do Brasil.

O Founders Bootcamp consiste em um programa de treinamento para fundadores iniciantes de startups brasileiras. Está dividido em quatro bootcamps de língua inglesa, que serão transmitidos de modo 100% virtual entre os dias 30 de novembro e 3 de dezembro.

Os mentores internacionais dos bootcamps irão compartilhar seus conhecimentos sobre mercado, captação de fundos, jornada do cliente, técnicas de pitch e mais.

Bootcamp O Founders Bootcamp é um programa de capacitação digital para empreendedores de startups early stage. Imagem: headwayio (Unsplash)

Mais do que um bootcamp

As inscrições podem ser feitas até dia o dia 25 de novembro pelo site da 500 Startups. Ao todo, 100 startups serão selecionadas para o treinamento, e os 10 modelos de negócio com melhor desempenho receberão mentoria exclusiva de 1 hora de duração.

500 Startups vai analisar as inscrições feitas no site e selecionar as startups de acordo com o estágio, composição do time, tamanho de mercado e potencial para relacionamento com a Ambev.

Os bootcamps são 100% gratuitos e equity free, e as startups selecionadas serão divulgadas no dia 28 de novembro. Há uma chance da Ambev ou da 500 Startups investir ou acelerar as startups depois do programa, a depender do potencial de cada uma.

Os esforços da Ambev para construir uma comunidade de inovação forte levaram a corporação a conquistar o Startup Awards 2020 como a melhor empresa para se fazer negócios. Segundo Bruno Stefani, Diretor de Inovação Global da Ambev, a parceria com a 500 Startups reforça nosso objetivo de ajudar o ecossistema de inovação como um todo.

“A Ambev interage com mais de 300 startups anualmente no Brasil, e ouve as dores de desenvolvimento de suas equipes. Queremos democratizar cada vez mais nosso ecossistema. Temos certeza que podemos fazer a diferença na comunidade de empreendedores do país”

Bruno Stefani, Diretor de Inovação Global da Ambev

Investindo no ecossistema de inovação brasileiro

Com o Founders Bootcamp, a 500 Startups tem três missões específicas, segundo Itali Colini, Diretora de Operações da 500 Startups no Brasil. “A primeira é vencer barreiras geográficas e conseguir atrair startups de todo o Brasil, através de um conteúdo global e online. A segunda é conseguir equipar os founders com um ferramental decisivo para o estágio inicial, porque esse é o nosso sweet spot”, diz ao Whow!. Por fim, a 500 Startups deseja conhecer um grande número de startups, apesar do time enxuto da empresa.

“Com um time pequeno não conseguimos atingir tantos empreendedores ao mesmo tempo, e esse programa é a ocasião perfeita para conhecermos mais essas startups e avaliarmos seus potenciais para, quem sabe, um dia investirmos nelas”

Itali Colini, Diretora de Operações da 500 Startups no Brasil

A aceleradora e fundo de capital semente 500 Startups já foi considerada o fundo de investimento mais ativo do mundo e está, desde 2011, muito atenta ao ecossistema brasileiro de inovação. Nos mais de 2 mil empreendimentos investidos pela 500 Startups estão 44 negócios brasileiros, como VivaReal, IDWall, Pipefy, Olist, Conta Azul, dentre outros.

“Queremos apoiar negócios de diferentes verticais e regiões do país, por isso, nosso objetivo é trazer mais programas como esse. A Ambev é nossa primeira parceira, mas queremos atrair cada vez mais entidades inovadoras”, informa Colini.

Atualmente a aceleradora está presente em 77 países e é o fundo com o maior número de exits nos Estados Unidos.


+NOTÍCIAS

Exclusivo: Conheça as Top 10 startups de tendências de 2020
As lições aprendidas com a morte da startup Quibi
A aprendizagem diária dos líderes de inovação
Lições práticas para uso das metodologias ágeis