Amazon vai expandir para mais um setor da economia - WHOW

Tecnologia

Amazon vai expandir para mais um setor da economia

O setor de beleza será o novo reduto da big tech para testar novas tecnologias, como a realidade aumentada. Saiba mais

POR Redação Whow! | 20/04/2021 19h02 Foto: Amazon (divulgação) Foto: Amazon (divulgação)

Uma prova de conceito, ou POC. Esta aparenta ser a ideia da experimentação da big tech Amazon no setor de beleza, com o seu último investimento em neste setor da economia. O Amazon Salon, como será chamado, foi instalado na cidade cosmopolita de Londres.

As primeiras pessoas que vão poder experimentá-lo serão funcionários da empresa de Jeff Bezos. E, nos próximos meses, outras pessoas interessadas terão acesso.

Novas tecnologias em um salão de beleza desenvolvido pela Amazon

A principal tecnologia que será testada, segundo o comunicado oficial da empresa, será a realidade aumentada para proporcionar aos clientes que visualizem o corte e a nova tonalidade do cabelo antes que aconteça.

“Projetamos este salão para que os clientes pudessem experimentar algumas das melhores tecnologias, produtos para os cabelos e estilistas da indústria”, disse John Boumphrey, country manager da Amazon no Reino Unido, por meio do comunicado à imprensa.

Além disso, os produtos que estarão expostos no salão de beleza, também poderão ser adicionados na sacola virtual da Amazon do Reino Unido para a entrega na residência dos consumidores.

Esta novidade chega após a empresa lançar a sua marca de envio de produtos profissionais de beleza chamado de Amazon Professional Beauty.

A sede da big tech no país europeu destaca que, por enquanto, não há intensão de lançar uma outra unidade do salão de beleza tecnológico.

E, por enquanto, com a pandemia em curso, o local terá divisórias de plástico entre os clientes e estes vão ter que utilizar a máscara de proteção individual, enquanto estiverem no salão.

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.


+AMAZON

Quem é Andy Jassy, o futuro CEO da Amazon
Reconhecimento facial ficou no passado, agora a Amazon disponibilizará pagamento com a palma da mão
5 setores que a Amazon quer disruptar em cinco anos
Startup Firebolt capta 37 milhões e pretende enfrentar Google e Amazon