A relevância do trade marketing digital - WHOW

Eficiência

A relevância do trade marketing digital

Trade de marketing digital: você sabe o que é? Aqui, entenda o conceito e veja quais são as melhores práticas para desenvolver uma estratégia de sucesso

POR Redação Whow! | 21/05/2021 15h51

O trade marketing tem o objetivo de encantar o consumidor no ponto de venda, fazendo com que ele compre da sua marca e não da concorrência, bem ao lado. Hoje, o conceito se estendeu ao digital. Mas, como encantar o público que está, a um clique, diversas outras opções? Parece algo complicado para você?

De fato, conquistar os clientes na internet pode não ser tarefa tão fácil. Assim, entender bem o conceito dessa estratégia e suas boas práticas é uma verdadeira carta na manga, diante dos concorrentes. Neste conteúdo, falaremos exatamente sobre isso. Continue a leitura!

O que é Trade Marketing

As estratégias de Trade Marketing tradicionais buscam fortalecer o relacionamento entre marcas e clientes, em todos os pontos físicos de contato, tanto canais próprios de distribuição ou em fornecedores.  Assim, nas estratégias de Trade Marketing tradicionais: 

  • deve-se se ter atenção quanto ao estoque e a distribuição dos produtos;
  • buscar um mix de produtos que faça sentido para clientes e fornecedores, ou seja: nem tudo que você vende é interessante para todo mundo;
  • atentar-se aos treinamentos de colaboradores e promotores contratados;
  • desenvolver ações de merchandising.

Em resumo: oferecer a melhor experiência ao cliente, com inúmeras possibilidades de compra, quando ele se depara com sua marca, em um local físico. 

Trade Marketing no meio digital

As estratégias de Trade Marketing tradicional e digital são complementares. A diferença consiste no ambiente em que ocorrem.  Assim, no digital, o objetivo é o mesmo e as ações são diferentes. Afinal, agora estamos falando de redes sociais, sites, blogs e, principalmente, e-commerces. 

É importante saber que se trata apenas de pôr uma marca no ambiente on-line, abrindo uma loja virtual, por exemplo. É preciso aperfeiçoar a experiência do cliente, de tal forma que não somente volte, como também compartilhe com outras pessoas

Em um ambiente físico,  a quantidade de pessoas precisa ser limitada. Na internet, isso não acontece: quem está do outro lado do mundo pode ver e até mesmo comprar de você, sem sair de casa. Entretanto, apesar dessa facilidade, o digital apresenta outros desafios, como:

  • compreender o comportamento do consumidor agora omnichannel;
  • oferecer a melhor experiência mobile e web, ou seja, sites e/ou aplicativos que funcionem bem em vários dispositivos, principalmente celulares. Isso também é chamado de mobile first;
  • realizar uma integração eficiente entre os canais online e offline;
  • sempre estar desenvolvendo promoções e ações de marketing;
  • fazer uma boa gestão das redes sociais: não basta apenas alimentá-las.

Relevância dessa estratégia nos e-commerces 

Podemos dizer que o e-commerce é um ponto de venda, só que dessa vez no digital. E, para ter sucesso neste ambiente, assim como nas lojas físicas, é preciso adotar estratégias de atração e fidelização do consumidor.

O uso do e-commerce vêm se popularizando. Só no ano passado,o setor cresceu 75%, segundo dados de uma pesquisa realizada pelo Mastercard.  Em comparação ao seu levantamento de 2019, o estudo aponta que os setores que mais cresceram foram hobby e livrarias, 110% e o de drogaria com 88,7%.

Um dos fatores responsáveis por isso foi o isolamento social, causado pela pandemia. Mesmo com o fechamento de várias lojas e serviços essenciais, as pessoas ainda sim tinham as suas necessidades e, já que não estavam indo às ruas, o jeito era comprar com alguns cliques. 

Em outro estudo, realizado pela Rakuten Advertising, 86% dos consumidores estão priorizando as compras feitas em dispositivos eletrônicos. Nesse sentido, conhecer as boas práticas é fundamental para que as estratégias de Trade Marketing digitais aplicadas no e-commerce tenham sucesso.   

Como aplicar o Trade Marketing Digital: melhores práticas

Você deve estar se perguntando como aplicar essas tão faladas estratégias de Trade Marketing digitais. A nossa equipe separou as melhores práticas que você precisa conhecer.

1. Seu e-commerce é sua vitrine: trate ele como tal

Você entraria em uma loja de roupas, por exemplo, com uma vitrine mal arrumada e sem ser visualmente agradável?  Provavelmente não. Da mesma forma, ocorre no digital. Assim, como primeira e mais importante boa prática, cuide da sua vitrine digital. Descreva bem as informações de cada produto, desenvolva e teste novas formas de design e o principal: tenha um checkout simples! Do contrário, um carrinho ficará abandonado pelo caminho no seu e-commerce.

2.On-line e off-line fazem parte do mesmo planeta

É um erro tratar o físico e o digital como sendo coisas distintas. De fato, são dois ambientes diferentes, mas que fazem parte da mesma estratégia. Assim, as campanhas que são desenvolvidas no ponto físico também precisam ser aplicadas no e-commerce, ou vice-versa. O cliente precisa perceber que, na sua marca, há uma unidade e a língua falada é a mesma.

3. Pare de achar: entenda de verdade o seu consumidor

Escute o que o seu público tem a dizer. Elabore pesquisas e formulários simples. Pergunte.

É muito importante entender o que diz o consumidor e mapear a sua jornada de compra. Isso não significa que você vai jogar fora toda sua experiência e conhecimento sobre o seu negócio; Dessa maneira, ouvir o cliente determinará parâmetros para contínua melhoria da empresa. Avalie também a possibilidade de contratar profissionais especializados para isso.Um deles é o UX Design, responsável pelo aprimoramento da experiência do usuário em ambientes digitais.

 4. Acompanhe o resultado do que você está desenvolvendo

Para verificar se uma estratégia de Trade Marketing digital está ou não sendo de sucesso não basta apenas contabilizar os números de venda. Lembre-se sempre da abrangência da internet. Assim, se você está feliz por ter realizado x vendas, já pensou que poderia ter realizado 2x vendas?

Dessa forma, é importante atentar-se a outras métricas, como tempo de navegação, permanência e rejeição de uma página. Também não se esqueça de ouvir os seus clientes. Este conteúdo ajudou você?  Ficamos felizes se a sua resposta for sim. Aproveite para assinar a nossa newsletter gratuitamente para receber mais artigos interessantes como este em primeira mão!