A importância de manter os impostos da empresa em dia - WHOW

Eficiência

A importância de manter os impostos da empresa em dia

Neste conteúdo, entenda a importância de manter os impostos da sua empresa em dias e como o planejamento tributário pode ajudar neste processo

POR Redação Whow! | 23/07/2021 17h27

Manter os impostos da empresa em dia evita o pagamento de multas altíssimas. Além disso, o cumprimento dessas obrigações também ajuda a empresa a poupar dinheiro. Você sabia? Entenda neste conteúdo:

  • quais são os principais impostos sobre uma empresa;
  • por que é tão importante manter os pagamentos em dia;
  • e como o planejamento tributário pode auxiliar neste processo. 

Quais são os principais impostos de uma empresa?

Os impostos que serão pagos pela empresa variam conforme o tipo de regime tributário escolhido, ou seja, de acordo com a arrecadação daquele negócio.  A fiscalização tributária, por exemplo, tem o objetivo de verificar omissões, inadimplências e divergências no pagamento dessas obrigações. Conheça agora quais são as principais obrigações tributárias de uma empresa. 

Principais obrigações tributárias de uma empresa

Dessa forma, os tributos das empresas são divididos entre as as seguintes áreas: 

  • contábil;
  • fiscal;
  • previdenciária;
  • trabalhista. 

As obrigações contábeis são aquelas que demonstram as situações patrimonial e financeira do negócio em certo espaço de tempo.  Nesse sentido, elas devem ser apresentadas na forma de dois documentos principais: Escrituração Contábil Digital – ECD, que compreende as informações relacionadas ao Balanço Patrimonial, e Demonstração de Resultado e Fluxo de Caixa.

Já as obrigações fiscais são aquelas relacionadas ao pagamento de impostos ao Fisco, que é a autoridade responsável pelo recolhimento de obrigações específicas de cada atividade econômica a nível municipal, federal e estadual. 

Em resumo, as principais obrigações fiscais são: 

  • Declarações de Tributos Municipais e Estaduais;
  • emissão de notas fiscais;
  • Escrituração Fiscal Digital.

Por fim, as obrigações previdenciárias e trabalhistas englobam todas que são pagas ao governo em razão da contratação de pessoal. 

São elas: 

  • Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS;
  • Instituto Nacional do Seguro Social INSS;
  • Imposto de Renda Retido na Fonte – IRRF;
  • Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED;
  • Guia de Previdência Social – GPS;
  • pagamento e vale transporte dos colaboradores. 

A importância de manter os impostos da empresa em dia

Além da manutenção da regularidade fiscal da empresa, ter as obrigações fiscais, contábeis, trabalhistas e previdenciárias em dia contribui para a manutenção da saúde financeira no negócio.

Afinal, em casos de atrasos no pagamento de tais tributos, eles poderão ficar acumulados, o que pode interferir diretamente no caixa da empresa.

Portanto, vale ressaltar que, em casos de atrasos, existe o pagamento da multa, que geralmente é calculada com uma taxa de 0,33% a cada dia de atraso. 

Junto à multa, também são calculados os juros a partir do primeiro mês do vencimento, a uma taxa de 1% ao mês. 

Estar em dia também é favorável para que uma empresa consiga incentivos financeiros de várias instituições, da mesma forma como ocorre com quem não tem o seu CPF inscrito no Serasa e no SPC. Ou seja, é essencial para obter crédito quando necessário. 

Motivos para manter os impostos da empresa em dia

Pagar os impostos em dia, como já mencionamos, vale muito a pena para as empresas. Mas, por que é tão importante ser um contribuiente pontual? Veja agora alguns motivos. 

Economizar dinheiro mesmo

Embora o Programa Especial de Regularização Tributária do Simples Nacional  (PERT) seja um sistema de parcelamento especial que promove até uma espécie de anistia fiscal, os atrasos não são perdoados. Por isso, ainda é preciso pagar a multa e os juros.

Então, ao fazer as contas, o empreendedor vai perceber que é muito mais proveitoso investir o valor que seria gasto em juros e multas em melhorias para o negócio.  

Preservar o nome da sua empresa limpo no mercado

Qual é o fornecedor ou banco que irá conceder boas condições às empresas que só devem? Logo, por isso, manter o limpo da sua empresa abre portas para condições diferenciadas de pagamento, bem como chances maiores de conseguir crédito no mercado.

Maiores chances para participar de licitações

Os processos licitatórios sempre solicitam um documento fundamental, que é a certidão negativa de débitos.

Nesse contexto, se você deseja participar das licitações de órgãos governamentais, é imprescindível manter o seu nome limpo

Pagar um imposto em dia é uma conta a menos

Quando se realiza o pagamento de impostos em dia, você terá uma conta a menos, considerando que os atrasos, com suas multas e juros, representam mais valores a serem desembolsados pelo empresário.

Focar no crescimento do negócio

Você sabia que o PERT geralmente prevê a quitação de um débito em até 175 parcelas, o que corresponde a 15 anos? Ou seja, já pensou passar tanto tempo preso a isso, tirando a atenção dos problemas reais da empresa? Em síntese, pagando os impostos da empresa em dia, você consegue realizar um planejamento mais eficiente para o seu negócio, visando investimentos e projetos de expansão.

Impostos em dia: invista em planejamento tributário

Uma das melhores formas de organizar a sua empresa quanto ao pagamento dos impostos é realizando o planejamento tributário. Nele, deverá constar todo o seu faturamento mensal, com tudo o que for relacionado ao financeiro e à contabilidade do seu negócio, como: 

  • custos;
  • despesas em geral;
  • salários dos colaboradores;
  • pró-labore;
  • etc.

Depois disso, conforme o seu regime tributário, crie o seu próprio calendário dos impostos. Assim, sua empresa não será pega de surpresa e você poderá tomar decisões importantes, como decidir o momento certo de investir em uma outra filial, por exemplo, com base em dados reais. 

É claro que, para as pequenas e médias empresas, todo este processo pode ser um desafio. Afinal, nelas, é muito comum que os donos do negócio tenham muitas responsabilidades e afazeres. 

Contudo, não abra mão de um planejamento tributário. E, caso não tenha expertise para tal, contrate um profissional da área ou então uma outra empresa, que poderá te auxiliar em tudo isso. 

Se você gostou do conteúdo, assine agora mesmo gratuitamente a newsletter do Whow e receba todos os dias conteúdos interessantes sobre empreendedorismo, mercado, gestão e tecnologia!