7 startups brasileiras que receberam investimentos em agosto - WHOW

Eficiência

7 startups brasileiras que receberam investimentos em agosto

Entre os aportes mais pesados está o investimento feito na startup Resultados Digitais, que conseguiu, em agosto, R$ 200 milhões

POR Adriana Fonseca | 02/09/2019 12h09 Imagem: Pexels Imagem: Pexels aportes-agosto-2019

Ao longo de todo o ano de 2018, as empresas de venture capital investiram US$ 2 bilhões em startups da América Latina (Brasil incluído). A cifra é bem superior aos US$ 500 milhões investidos na região em 2015, segundo a Associação Latino-Americana de Private Equity e Venture Capital (LAVCA, na sigla em inglês).

Em 2019, ainda não há dados consolidados, mas os investimentos seguem acontecendo.

Abaixo, sete startups brasileiras que conquistaram aportes no mês de agosto:

Agrosmart

A startup de Campinas, no interior paulista, com atuação no agronegócio recebeu um aporte de R$ 22 milhões do fundo Inovabra, do Bradesco, e o braço de investimento da Positivo. Fundada em 2014, hoje, a Agrosmart oferece serviços de monitoramento da lavoura usando inteligência artificial e, dessa forma, atende mais de 210 mil hectares de produtores como Raízen, Café Orfeu e Cargill.

IoTag

A startup do Paraná recebeu um investimento de quase R$ 500 mil da Wayra, hub de inovação aberta da Vivo. No início deste ano, a IoTag foi selecionada para participar do Agro IoTLab, uma iniciativa promovida pela Vivo, através da Wayra, Raízen, Ericsson e Esalq-USP, com objetivo de desenvolver soluções em internet das coisas para o agricultor. A solução da startup é focada em telemetria avançada de tratores, colheitadeiras e colhedoras de cana de açúcar utilizadas na lavoura. Sua função primordial é controlar a localização, o consumo de combustível e a forma como equipamento está sendo conduzido a fim de prever falhas e melhorar o desempenho e disponibilidade da frota nas fazendas.

Juristas

O portal que oferece modelos de petição e ferramentas para criação de documentos, realiza fóruns com temas específicos para advogados e disponibiliza ferramentas de fluxo de trabalho de peças processuais recebeu um aporte da Bossa Nova Investimentos. A empresa, que atua no estágio de investimento semente, tem hoje 413 startups investidas, sendo mais de 100 nos Estados Unidos.

startups

Neomode

A startup de Curitiba, no Paraná, que desenvolve softwares para o varejo fechou uma rodada de investimento de R$ 2,7 milhões com o Criatec 3, fundo do BNDES gerido pela Inseed Investimentos. Fundada em 2016, a Neomode desenvolve novos canais de venda omnichannel e atende marcas como Ri Happy, Leo Madeiras e L’Oreal.

Resultados Digitais

A plataforma que gerencia e automatiza ações de marketing digital para pequenos negócios recebeu um aporte Series D de R$ 200 milhões liderado pela Riverwood Capital. Antes disso, já haviam investido na Resultados Digitais a DGF Investimentos, a RedPoint Eventures, a TPG Growth, Astella Investimentos e Endeavor Catalyst. Fundada em 2011 em Florianópolis, Santa Catarina, a Resultados Digitais tem hoje mais de 700 funcionários e atende 13 mil clientes em 20 países.

Sólides

A plataforma de gestão de pessoas com soluções para contratar, desenvolver e reter talentos recebeu aporte de R$ 14 milhões da DGF Investimentos. Com mais de 3 mil clientes, a startup tem 150 funcionários.

Youper

A startup fundada em 2016 em Florianópolis, Santa Catarina, recebeu um aporte de US$ 3 milhões do fundo Goodwater Capital. A empresa que oferece um aplicativo para auxiliar pessoas com ansiedade e fobia social mudou-se para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, há dois anos.

investimentos Arte (Grupo Padrão)


+ STARTUPS

As asas dos unicórnios brasileiros
Trash into Cash: startups que estão transformando lixo em capital
Startups biomiméticas: a tecnologia a serviço da natureza
Projeto do Marco Legal das Startups será levado ao Senado até novembro