6 Segmentos que já apostam alto no uso da realidade virtual - WHOW
Tecnologia

6 Segmentos que já apostam alto no uso da realidade virtual

Treinamento microcirúrgico, gestão de equipes, projetos para petrolíferas. Conheça alguns exemplos de como a realidade virtual está mudando o mundo

POR Carolina Cozer | 13/08/2019 16h54 6 Segmentos que já apostam alto no uso da realidade virtual Imagem: Unsplash

A nova era da realidade virtual começou. Desde o primeiro protótipo do headset HTC Vive, em 2015, e com o lançamento do Oculus Rift, em 2016, a receita global de VR (virtual reality, ou realidade virtual) na indústria de games chegou a US$ 4,3 bilhões, com prospecção de atingir US$ 76.6 bilhões até 2025.

Muito além dos jogos virtuais, as tecnologias VR devem influenciar todos os setores da economia, modificando as indústrias tradicionais com soluções inovadoras e introduzindo novas experiências de consumo à população.

Listamos aqui alguns exemplos de aplicações práticas da tecnologia VR que já estão em voga – e que prometem mudar o mercado de uma vez por todas.

1.Automobilística e Automotiva

A Audi utiliza a tecnologia VR não apenas para projetar e fabricar seus carros, mas também para melhorar a experiência dos clientes. Compradores já podem experimentar um automóvel antes mesmo de ele ser construído, e fazer customizações necessárias de acordo com seu perfil. É possível testar e personalizar posicionamento dos bancos e volante e checar a sensibilidade de enjoo, por exemplo, tudo com a emulação virtual, garantindo que o produto final atenda melhor às expectativa do comprador. A BMW e a Porsche também utilizam recursos semelhantes.

O VR também já chegou aos capacetes automobilísticos da marca Nuviz, que contém viseira com projeção de quilometragem, mapa de navegação, condições das estradas e temperatura, baseados em sistema HUD (Head Up Display).

2.Decoração

A área de decoração de ambientes é uma das que mais tem se beneficiado dos aplicativos de realidade aumentada. Agora, é possível experimentar móveis e objetos na sua casa antes mesmo de comprá-los, em uma simulação semelhante ao que ocorre no game Pokémon Go.

O aplicativo Ikea Place, por exemplo, permite que você escaneie sua sala e coloque os itens da Ikea na imagem digital, experimentando as mais diversas combinações decorativas.

Já o Dulux Visualiser, das tintas Dulux, permite ao usuário escolher o tom de tinta mais adequado para suas paredes. Basta escanear um ambiente, escolher uma cor no aplicativo e verificar como o local ficaria com essa nova coloração.

3.Marítima

Nagelld, uma empresa norueguesa de visualização 3D marítima, está usando VR para criar experiências imersivas para empresas do ramo de pesca e petrolíferas. Eles visam a criação de processos mais sustentáveis ​​através de protótipos digitais, que são montados antes que os equipamentos sejam produzidos fisicamente.

4.Saúde

A maioria destas aplicações estão na área de treinamento de médicos, navegação intraoperatória e simulações cirúrgicas, além dos excelentes resultados em tratamentos de fobia em clínicas psiquiátricas. Pacientes com medo severo de altura, por exemplo, têm tido resultados surpreendentes em questão de horas ao praticar com o Oculus Rift, algo que, de modo tradicional, levaria semanas ou meses de tratamento clínico.

No campo da geriatria, a realidade virtual tem ajudado no tratamento de idosos hospitalizados, reduzindo o estresse ao proporcionar momentos de lazer, além da navegação em determinados cenários auxiliar na redução do risco de confusão mental, mantendo algumas memórias ativas e estimuladas.

5.Treinamento

O Walmart utiliza o Oculus Rift durante o treinamento de seus funcionários, simulando diversos cenários recorrentes ou incomuns, ou até mesmo os de alta pressão, de modo seguro e sem precisar interferir no fluxo de trabalho das lojas.

A realidade virtual nesse campo também proporciona redução de custos, redução de riscos e uma melhor previsão de comportamento de seus colaboradores.

6.Turismo

Alguns aplicativos já oferecem um tour virtual para que os clientes possam experimentar um destino antes de reservar uma viagem. Outros permitem a navegação em ambientes de diferentes resorts e hotéis pelo mundo. É o caso do aplicativo Rizort VR, que oferece um tour 3D em acomodações através do Oculus Go.

Outro impacto que já foi sentido no mercado de turismo foi o aumento de visitações em destinos menos famosos, graças aos tour virtuais das agências. Muitos locais não têm nomes tão populares, mas possuem grande potencial de visitação, que podem despertar desejo nos viajantes através da experimentação tecnológica.


+ NOTÍCIAS

As iniciativas de Bradesco, Vivo e Magazine Luiza em inteligência artificial
App identifica mais de 3,2 bilhões de roubos de identidade na web
WeChat lança assistente de voz em carros capaz de fazer compras
Conheça as cidades com as melhores condições para inovação no mundo