5 lições de empreendedores para ter sucesso no ambiente digital - WHOW

Vendas

5 lições de empreendedores para ter sucesso no ambiente digital

Convidados do Whow! Vida Loka Podcast revelam o que os tornaram referências em empreendedorismo digital

POR João Ortega | 05/11/2021 18h51

Migrar de uma operação física para o ambiente digital nunca é fácil. Nem mesmo as empresas nativas digitais sabem tudo de vendas online. Afinal, trata-se de um universo em constante mudança, com diversos canais e pontos de contato com o cliente, onde não há fórmula mágica que faça um empreendedor digital de qualquer setor ter sucesso. 

No entanto, o caminho pelo qual empreendedores de sucesso já trilharam – com erros e acertos ao longo da jornada – pode servir de atalho para que outros alcancem o mesmo patamar. 

No Whow! Vida Loka Podcast, recebemos dezenas de empreendedores, muitos deles com atuação em ambiente digital. Separamos, a seguir, sete convidados com conselhos práticos para ter sucesso nas vendas online. Confira:

Realize testes baratos

O ambiente digital permite que marcas realizem testes a todo o momento, algo que é mais difícil em uma operação física. Por exemplo, caso uma empresa queira fazer um anúncio de seu produto no Instagram, com o objetivo de converter em vendas, há um enorme prisma de possibilidades de formato para esta campanha. Podem ser feitos anúncios com vídeo, com carrossel de imagens, com uma imagem única –  e cada um destes formatos traz infinitas possibilidades de produção, tempo de veiculação, etc. 

Nesse sentido, Raphael Lassance, fundador da agência Growth Team, explica que o melhor caminho é realizar testes com pouco dinheiro, acompanhar as métricas e, então, tomar conclusões. “Vai chegar um momento em que você terá um portfólio de experimentos e vai saber qual deles tem um melhor retorno sobre o investimento”, explica o especialista. A partir daí, pode realizar um investimento maior na campanha com melhor performance. 

https://www.youtube.com/watch?v=7MhAZj44Ve4&t=979s

Redes sociais têm variáveis incontroláveis

Acabamos de falar sobre a cultura de experimentação no ambiente digital, mas é preciso entender que as respostas obtidas nos testes não têm valor científico e não estão isentas de erros. Segundo Rafael Kiso, fundador da plataforma de gerenciamento de mídias sociais mLabs, os testes são confiáveis apenas até certo ponto, já que há diversas variáveis incontroláveis. 

Por exemplo, ainda que uma mesma página faça dois posts idênticos, no mesmo horário, com uma semana entre um e outro, o desempenho em alcance e engajamento vai ser diferente entre os dois. Isto porque as demais publicações de outras páginas vão influenciar no algoritmo daquela rede social. Ou seja, não é possível realizar um teste realmente científico. 

Ou seja, é preciso aumentar o volume de testes para, assim, aumentar o valor estatístico e, então, tirar conclusões. E, mesmo com esses cuidados, o resultado será imprevisível. Então, empreendedores e responsáveis pela gestão das redes sociais das empresas precisam saber navegar na incerteza. 

https://www.youtube.com/watch?v=8HYY9Z8dONU&t=744s

Cadastre sua empresa no Google Meu Negócio

Para Rafael Rez, autor do livro “Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI”, o primeiro passo para uma empresa se dar bem no ambiente digital é cadastrar-se no Google Meu Negócio. Trata-se de uma ferramenta que permite àquele empreendimento ser encontrado de forma orgânica no Google, onde a maioria dos consumidores pesquisa antes de comprar qualquer coisa. 

“É de graça, tem uma posição privilegiada na busca do Google, aparece no Maps e só precisa atualizar o perfil apenas uma vez por semana”, diz Rafael Rez. “Consome pouco tempo, mas dá resultado o tempo todo para o pequeno empreendedor”. 

https://www.youtube.com/watch?v=AjG6iYc4QhE&t=27s

Encontre o influenciador certo para seu negócio

Quando uma empresa decide apostar no marketing de influência, que significa contratar influenciadores para promover seu produto, seu serviço ou sua marca nas redes sociais, existem alguns erros comuns. O primeiro é ir atrás do influenciador que o empreendedor gosta, e não o que faz mais sentido para seu negócio.

É o que afirma Rafael Arty, sócio da Squid, agência de influenciadores digitais. “Será que esse influenciador fala com a minha audiência? Será que ele está no grupo demográfico de que eu preciso? Será que ele tem autoridade sobre esse assunto”, são as perguntas que o empreendedor sugere fazer antes de contratar um profissional dessa área. 

https://www.youtube.com/watch?v=5L5uhjHlO14&t=87s

Presença digital não é só publicar conteúdo nas redes

Não adianta gastar com anúncios nas redes sociais e não responder as mensagens dos clientes que chegam na caixa de entrada. Ao abrir um canal novo, que é criar um perfil em uma rede social, é preciso dar atenção a todos os comentários, perguntas e outras formas de engajamento que possam surgir ali.

“É como se, no passado, uma empresa abrisse uma linha de telefone mas nunca atendesse ela”, compara Rejane Toigo, especialista em conteúdo digital. “A digitalização do negócio é um processo que envolve a captação do cliente, o atendimento e, se possível, a entrega do produto dentro do ambiente digital”.