5 histórias de superação pautadas pelo empreendedorismo - WHOW
Pessoas

5 histórias de superação pautadas pelo empreendedorismo

Empreendedores revelam no Whow! Vida Loka Podcast como superaram momentos difíceis e criaram negócios de sucesso

POR João Ortega | 14/12/2021 15h38 5 histórias de superação pautadas pelo empreendedorismo

O empreendedorismo é um dos principais instrumentos de transformação social da nossa época. Ao criarem seus próprios negócios, pessoas de origens menos privilegiadas têm a chance de ascender socialmente, gerar uma renda considerável e ajudar quem está em seu entorno. E estas histórias de superação incentivam mais gente a descobrir o empreendedorismo, se capacitar e começar a desenvolver suas próprias ideias que podem se tornar empresas de sucesso. 

Não se trata de glorificar a pobreza: é evidente que as desigualdades sociais tornam o empreendedorismo pouco meritocrático, muito mais fácil para quem teve oportunidades de estudar em colégios particulares e cursar faculdades fora do país. Pelo contrário, estas histórias de superação colocam os problemas da sociedade no foco da discussão e mostram como o empreendedorismo deveria ser fomentado principalmente para a população menos privilegiada.

Conheça, a seguir, cinco empreendedores, convidados do Whow! Vida Loka Podcast, que saíram de situações difíceis e conseguiram ter sucesso nos negócios. 

Veronica Oliveira

Veronica Oliveira morava com os dois filhos em um cortiço na Zona Leste de São Paulo na época em que tentou suicídio por não conseguir sustentar a família. Depois de recuperada, ela começou a fazer faxinas para amigas como forma de levantar dinheiro. Só que a grande transição em sua trajetória ocorreu quando ela decidiu oferecer o serviço na internet, usando toda sua criatividade. Resultado: o negócio bombou, ela criou o perfil Faxina Boa e hoje ajuda outros prestadores de serviços a terem sucesso. 

https://youtu.be/zBFS3QEyJrU

Luzia Costa

Luzia Costa sempre teve um comportamento empreendedor, até o ponto de vender a casa da família para abrir um negócio. O problema é que a empresa, em certo momento, quebrou, e ela ficou sem dinheiro nem para comprar o gás de cozinha. Só que, em vez de abandonar o empreendedorismo e buscar um emprego fixo, ela continuou tentando. Até que deu certo: hoje, Luzia é dona da Sóbrancelhas, franquia de estética com dezenas de unidades no Brasil e até fora do país. 

https://youtu.be/RUq4lCw0zug

Lemaestro

Alex dos Santos, mais conhecido como Lemaestro, tem uma trajetória pessoal que se confunde com seu propósito como empreendedor. Ex-viciado em cocaína na juventude, Lemaestro largou as drogas para vender nas comunidades o livro Jovens Falcões, ao lado do autor Edu Lyra. Juntos, criaram a Gerando Falcões, projeto social que fomenta líderes empreendedores nas favelas do Brasil e do mundo. Enquanto estruturavam a ONG, os sócios aprendiam, a cada dia, uma coisa nova sobre gerir um negócio. Dessas lições, Lemaestro e companhia desenvolveram uma metodologia que acabou virando uma universidade.

https://youtu.be/eh2rHqEnAqk

Robson Calegon

Robson Calegon é o fundador da Alfa Look’s, marca de cosméticos para homens que fatura milhões de reais por mês. Antes de chegar a este posto, porém, ele passou um ano morando na rua, chegou a sofrer um golpe dos próprios funcionários e precisou pegar roupas emprestadas para conseguir emprego. Como ele saiu desta situação? Contando com a ajuda de pessoas bem intencionadas e, claro, se apoiando no próprio comportamento empreendedor. 

https://youtu.be/2Zb70CV7mbQ

Gabriel Cantarin

Nascido no interior do Estado de São Paulo, Gabriel Cantarin sempre foi apaixonado por tecnologia, mas não conhecia o conceito de startup. Como ele mesmo descreve, em certo momento da vida estava num relacionamento abusivo, sem dinheiro e apenas com uma ideia na cabeça. O que ele fez? Largou tudo, fez uma vaquinha para comprar uma passagem aos EUA, morou de favor por três meses no Vale do Silício e ali aprendeu tudo sobre como montar um negócio de sucesso.