WHOW

Como conquistar metas profissionais com 11 dicas de empreendedores

darts arrows target center business concept scaled 1

De acordo com levantamento da 7waves, que oferece uma aplicativo gratuito para apoio ao planejamento pessoal e conquista de objetivos, 26,70% dos 16.119 usuários ativos do app desejam evoluir na carreira este ano. Desse número, 10,58% planejam ser promovidos, 8,13% almejam conseguir um emprego e 2,18% desejam prestar concurso público. A mesma pesquisa também mostra que 5,81% das pessoas querem abrir o próprio negócio em 2022.

Pensando nisso, seguem 11 dicas de empreendedores que têm históricos de sucesso e que atuam em diferentes setores, para ajudar as pessoas a conquistarem metas profissionais com mais facilidade neste ano e alavancarem as carreiras.

Confira:

  • Tenha determinação e coragem

Independentemente da meta profissional que se deseja atingir, a determinação e a coragem são dois elementos para o sucesso, segundo Anthony Eigier, CEO da NeuralMed. “Todos sabemos que estudar, empreender ou trabalhar exigem força de vontade e como são etapas desafiadoras, também é necessário coragem. O medo excessivo impede a realização de etapas importantes. A dica é focar no que se deseja e lembrar que erros podem acontecer, mas estes trazem diversos aprendizados”, diz.

  • Nunca pare de aprender

Seja por meio de treinamentos, livros, cursos, filmes ou TikTok, aprender deve ser algo contínuo. “Meu pai sempre me dizia que conhecimento não ocupa espaço. Por ter sido motivada desde pequena a aprender, tenho como objetivo de vida incentivar pessoas e empresas nessa transformação. Para atingir qualquer sonho profissional é fundamental ser curioso e deixar a mente aberta para conhecer coisas novas e se aprimorar não só em relação à profissão escolhida, mas como ser humano”, afirma Tatiana Pezoa, CEO da Outbound Sales.

  • Conheça o mercado 

Adquirir conhecimento sobre o mercado de atuação, garante que decisões mais assertivas sejam tomadas, de acordo com Gustavo Belizário, CEO da Nanoprice. “Entender o que está acontecendo nos setores, as tendências e o movimento dos parceiros, concorrentes e empresas, guia os profissionais para determinados caminhos e permite que ideias mais assertivas sejam desenvolvidas”, informa.

  • Se mantenha atualizado

O universo corporativo passou por várias mudanças  nos últimos anos, o que acabou alterando  as dinâmicas de trabalho e incorporando novas ferramentas e métodos ao dia a dia dos profissionais de todas as áreas. E a tendência é que esse cenário de transformação só se intensifique. “As empresas querem profissionais que estão em busca de novos aprendizados e têm o foco e vontade necessárias para se reinventar quando preciso. Por isso, é importante se manter atento às novidades do mercado e tentar entender de que forma elas podem melhorar a rotina e os resultados da companhia”, analisa Gustavo Caetano, CEO da Sambatech e Samba Digital.

  • Abra sua mente para novas ideias

Um dos principais erros cometidos pelos profissionais, independentemente do nível, é se acomodarem com determinada função e não buscarem maneiras diferentes e mais produtivas de realizar suas tarefas e melhorar os resultados. “Os líderes e gestores das companhias precisam abrir espaço, criar oportunidades e incentivar que os colaboradores contribuam com suas ideias de como melhorar os processos internos e o negócio como um todo. Todos os lados saem ganhando com a criação de um ambiente propício à criatividade”, comenta Rodrigo Monteiro, CEO da Group Software.

  • Procure empresas compatíveis com a sua cultura

Muitos profissionais têm dificuldades em crescer porque simplesmente não estão no lugar certo e não percebem. Por isso, verificar se a cultura da empresa está alinhada com suas expectativas é fundamental, aconselha Pedro Luiz Pezoa, CEO da Pointer, HRTech especializada na indicação de profissionais de alto nível no setor de tecnologia. “A falta de alinhamento entre candidato e empresa desmotiva até o melhor dos funcionários, fazendo com que ele fique insatisfeito, não se encaixe na rotina de trabalho e peça demissão precocemente. Priorize sempre na sua carreira empresas que você se sinta bem e tenha prazer em ser parte do time”.

  • Tenha um plano de ação 

É muito comum que as metas sejam ambiciosas – e isso é ótimo -, mas é preciso planejamento para atingi-las. O que o Rafael Gianesini, CEO da Cidadania4u, empresa especializada em cidadania italiana e portuguesa, aconselha é que seja traçado um plano de ação, transformando-as em pequenas metas: “Falar que quer ganhar mais, por exemplo, é muito abstrato e isso pode te atrapalhar. Foque no que você precisa para conseguir atingir esse objetivo, então você irá se deparar com pequenas metas muito mais fáceis de atingir e que te levarão ao seu objetivo”.

  • Tenha resiliência

Os desafios enfrentados por um empreendedor são inúmeros, e para lidar com as adversidades impostas no dia a dia é preciso ter muita resiliência. “ Para ser bem sucedido é necessário desenvolver algumas habilidades, dentre elas, ter controle emocional. Os melhores resultados de qualquer ação provém de decisões tomadas com inteligência emocional” comenta Fábio Oliveira, CEO da SalesFarm, primeira plataforma que terceiriza a força de vendas por meio de um software e tem como missão conectar empreendedores a vendedores.

  • Utilize a tecnologia a seu favor

A tecnologia está avançando rapidamente, mas muitas empresas ainda não descobriram como usá-la em seu benefício. “A realidade brutal do século 21 é que as empresas que não tiram proveito da tecnologia raramente alcançam crescimento, relevância e satisfação do cliente. Em outras palavras, uma empresa pode medir sua taxa de crescimento pelas tendências tecnológicas que adota. Aqueles que negligenciam a implementação de ferramentas tecnológicas relevantes muitas vezes morrem à medida que perdem sua vantagem competitiva, deixam de maximizar os lucros e atender às expectativas do cliente. Mas as empresas que adotam essas ferramentas experimentam uma revitalização que as coloca à frente dos concorrentes”, comenta Paulo Sanford, CEO da WAP.

  • Compartilhe experiências

A troca de experiências também faz parte do crescimento profissional, ao passo que está totalmente conectada à sua disposição em contribuir para o crescimento do outro. O compartilhamento de conhecimento no ambiente de trabalho, vai além de apenas dividir ou repassar informação, ele abre espaço para a troca e evolução tanto pessoal, como profissional. “Quando compartilhamos conhecimento, temos um estímulo para buscar mais informações, desafios e, consequentemente, evoluir. Esta é uma excelente forma de enxergar novas perspectivas”, conclui Tomás Duarte, CEO da Track.co, startup brasileira especialista em indicadores de performance da Experiência do Cliente.

  • Cultive conexões profissionais

Estar disponível no mercado de trabalho e enviar currículos para vagas específicas não é sempre o suficiente para alcançar o sucesso. “A conexão é uma das mais importantes etapas quando se constrói uma presença na sua área de atuação. Durante as nossas mentorias, conseguimos identificar claramente o quão valiosas são essas relações e como elas impulsionam o crescimento dos profissionais envolvidos no processo”, diz Fabiano Nagamatsu, mentor de negócios no InovAtiva Brasil, maior programa de aceleração de startups da América Latina.

Sair da versão mobile