10 modelos de negócio próprio para empreender com pouco dinheiro - WHOW

Vendas

10 modelos de negócio próprio para empreender com pouco dinheiro

Empreender com pouco dinheiro é possível: veja aqui os primeiros passos e 10 ideais para começar o próprio negócio sem investir muito

POR Redação Whow! | 19/05/2021 13h54

Empreender com pouco dinheiro é possível e, acredite: o que falta mesmo é criatividade! Com uma boa pesquisa de mercado e um planejamento estruturado, é possível ter o seu próprio negócio sem gastar muito.

Logo, continue a leitura, para descobrir os primeiros passos de quem tem o sonho de ter o próprio negócio e tem pouco dinheiro, bem como alguns modelos de negócio lucrativos e que não demandam muitos recursos.

Como empreender com pouco dinheiro?

De acordo com relatório apresentado em 2020 pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), 90% dos empreendedores iniciais brasileiros concordam que a falta e ou escassez de emprego é uma das principais razões para empreender. Todavia, no lugar de pensar que pode ser algo temporário, por que não focar em crescer profissionalmente no empreendedorismo? 

Veja algumas dicas para começar a empreender e, fazer de uma ideia temporária, um negócio realmente lucrativo.

Os primeiros passos de quem seja abrir o próprio negócio

Contudo, para que um sonho se torne realidade, não basta apenas sonhar e você já deve saber disso. Então, para quem deseja ser o próprio chefe, antes de tudo, precisa se planejar. Portanto, veja os passos básicos para abrir um negócio:

  • Estudar sobre empreendedorismo e mercado
  • Montar um bom plano de negócios
  • Formalizar a empresa
  • Estudar sobre marketing digital
  • Acompanhar os resultados

Bem como, outra recomendação, que vale para qualquer etapa e negócio é buscar ajuda especializada. Porém, isso não significa grandes investimentos.

Constantemente, na internet, é possível encontrar vários bons conteúdos gratuitos sobre empreendedorismo, marketing digital, vendas e análise de dados. Nesse sentido, listamos para você 10 modelos de negócios para empreender com poucos recursos. Confira!

10 modelos de negócios para empreender com pouco dinheiro

Conheça agora 10 modelos de negócios para empreender com poucos recursos.

1. Refeições congeladas

Atualmente, a busca pela qualidade de vida só aumenta e a pandemia acelerou ainda mais este processo.  De acordo com uma pesquisa divulgada pela NutriNet Brasil, da USP, houve um aumento de consumo de frutas, hortaliças e feijão durante a pandemia. Ou seja, o estudo aponta uma alta de 4% nesse índice no período

Outro estudo que devemos analisar foi realizado pelo Ministério da Economia. Segundo pesquisa, o mercado das marmitas cresceu mais de 130% nos últimos anos.

Logo, investir em refeições congeladas vai completamente de encontro a esta onda, uma vez que é possível oferecer alimentação de qualidade e praticidade ao mesmo tempo. Pode-se optar por, além das grandes refeições, como almoço e jantar, comercializar os lanches e até mesmo o café da manhã.

No caso da Pratí, os fundadores resolveram aliar a praticidade das comidas congeladas ao apelo dos alimentos saudáveis.

2. Delivery de comida

Além de produzir refeições congeladas, empreendedores estão tendo sucesso entregando estes produtos direto na casa do cliente. É um comportamento de mercado que foi acentuado durante a pandemia, mas continuará em alta no período de retomada das atividades. Para entender melhor os custos envolvidos neste empreendimento, conheça a trajetória do empreendedor Guilherme Ryuichi. 

3. Nichos específicos de alimentação

Veganos, vegetarianos, diabéticos e intolerantes à lactose são alguns grupos de pessoas que possuem necessidades alimentares muito específicas. Eles não são minoria, como muitos pensam.

Só no Brasil:

  • existem aproximadamente mais de 30 milhões de vegetarianos e 7 milhões de veganos,  segundo a Vegan Business;
  • 40% da população brasileira é atingida de alguma forma pela intolerância à lactose, segundo a Associação Nacional de Atenção ao Diabetes;
  • 13 milhões de brasileiros sofrem com a diabetes, segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS.

Em suma, investir em alimentação para alguns desses grupos pode ser algo muito lucrativo, tendo em vista a baixa quantidade de concorrentes e a alta procura.

4. Revenda de produtos para empreender com pouco dinheiro

Dessa forma, revender produtos é uma opção barata e prática para quem ainda tem pouquíssima estrutura, já que não é necessário um grande investimento em estoques. Entretanto, não basta apenas fazer como todos estão fazendo: aplique o seu toque pessoal na sua venda e desenvolva suas próprias estratégias para se destacar na área que escolher. Outra dica é optar por revender algo que você realmente goste.

5. Presentes customizados

Cestas de chocolate, de café da manhã, acessórios, caixas, livros, agendas, canetas, etc: em um mercado onde todo mundo quer se destacar, a personalização é quem dita a regra! E, ainda levando em consideração que as restrições devido à pandemia, desenvolver opções de presentes customizados, com foco principalmente nas datas sazonais, pode gerar um bom dinheiro.

6. Brechó

De todos os modelos de negócio sugeridos até agora, o brechó configura-se como um dos mais simples e que requer menos quantidade de recursos. Você pode começar vendendo as suas próprias peças, ou intermediando a venda de outras pessoas. O lucro desse tipo de negócio pode girar em torno de  20%, segundo o SEBRAE- SP.

7.  Maquiagem e cabelo em casa

Embora muitos salões de beleza e estúdios de maquiagem estejam seguindo rigorosamente as recomendações de prevenção ao coronavírus, ainda tem muita gente com medo de frequentá-los. Nesse sentido,  oferecer os serviços de maquiagens e alguns procedimentos para cabelos,  como escova, pintura e hidratação, direto na casa dos clientes, figura como boa opção de renda.

8. Reforço escolar para crianças da educação infantil e fundamental

Aqui, duas coisas são fundamentais: saber lidar com crianças e dominar alguma matéria escolar. Ou seja, pode-se explorar as duas modalidades de ensino, presencial, desde que tomados os cuidados necessários e on-line.

9. Criação de conteúdo digital para empreender com pouco dinheiro

Em suma, o uso das redes sociais só aumenta: em pesquisa do Cuponation, no ano passado, a população digital das redes sociais bateu o recorde com 141.450 milhões de pessoas ativas. Então, se você tem afinidade com as redes sociais, sabe falar bem e gosta deste universo, pode ser que investir em ganhar dinheiro com a criação de conteúdo digital seja para você. Aprenda mais sobre o assunto na entrevista que fizemos com Rejane Toijo da Like Marketing.

10. Consultorias

Afinal, já parou para pensar que podem existir pessoas que desejam aprender mais sobre alguma área que domina? Investir em consultorias requer pouquíssimo investimento e ainda pode abrir possibilidades para outros tipos de negócios.

Viu como pode ser fácil empreender com pouco dinheiro? Assine a nossa newsletter gratuitamente para receber mais conteúdos em primeira mão!